ALTERAÇÃO NAS RECEITAS MÉDICAS

 

Ao abrir a porta do consultório médico no final da consulta, há muito tempo, o paciente traz na mão uma receita com prescrição de remédios para combater o problema que o levou a procurar o doutor. Repouso é uma palavra que ecoa nos consultórios.

Estudos científicos atuais estão alterando essa rotina e as receitas.

Foi comprovado que a inatividade deixa o corpo vulnerável. Se repouso significar ficar parado, não é aconselhável. Ficar parado dormindo é aconselhável, pois o sono tem períodos que se seguem e precisam ser completados para recuperar o desgaste e reparar problemas no organismo.

A prática adequada da atividade física é condição sine qua non para ter saúde e prevenir doenças.

Quem pratica atividade física constantemente melhora o sistema cardiorrespiratório e o sistema imunológico, o que previne contra doenças respiratórias, hipertensão, cardiopatias e até a simples gripe.

As temidas neoplasias também são evitadas pela atividade física.

A atividade física é prevenção para Alzheimer e Parkinson.

E, melhor de tudo, quem pratica melhora gradativamente sua condição física e pode se tornar atleta em qualquer idade.

O número de praticantes no Brasil aumenta a cada dia e eventos esportivos com milhares de pessoas acontecem sempre.

Esse aumento de gente em atividade física significa diminuição de pessoas com receitas de remédios, e melhor qualidade de vida para a população.

Você que pratica atividade física adequadamente pode ir ao médico fazer um check-up.

Se você comparar a lista de remédios indicados nas receitas de praticantes de atividade física, o número de remédios provavelmente será menor do que o número de remédios de sedentários com hábitos não saudáveis.

Pratique atividade física e se livre de receitas com remédios.

 

 

voltar para a home page